Mensagem do Presidente

 

Caros amigos e concidadãos,

Sabemos que os desafios da gestão autárquica são múltiplos, que a capacidade de reivindicação, de forma concertada e intransigente, não nos pode demover. O desafio é fazer erguer, sempre e sem hesitação, a democracia. E eu entendo este desafio como uma forma de servir o meu concelho, a minha região e o meu país, sempre com responsabilidade, transparência, rigor, dever de cidadania e com sentido de Estado.

Neste mandato, vimos para UNIR, para CONGREGAR, para ERGUER PONTES, mas também para DERRUBAR barreiras, e até preconceitos, e jamais para fazer crescer muros, para garantir FUTURO, respeitando sempre o passado.

O nosso concelho vive tempos conturbados, é um facto! Mas, a minha terra, a nossa terra, precisa de uma reconstrução urgente e quem me conhece sabe que não sou de virar costas aos desafios, muito menos a Figueira de Castelo Rodrigo e aos meus conterrâneos.

É, precisamente, em momentos de crise e inquietação, que urge dar espaço à esperança, propondo caminhos de transformação e revigoração e também de reconstrução física e de mentalidades.

Não me vou calar nem cansar, não havemos de desistir e havemos de conseguir vencer as mais duras batalhas, desde que nos mantenhamos unidos e empenhados em potenciar a coesão territorial e até clamar pelas necessárias e urgentes reformas estruturais e de política territorial de que o nosso país padece.

Para Figueira de Castelo Rodrigo, e tal como tenho vindo a defender e a anunciar, temos um conjunto de pretensões imediatas, de ações estratégicas, devidamente planeadas e orientadas para o futuro, assumidas com muita responsabilidade.

Estamos situados numa região esplendorosa em perfeita simbiose com aquelas que são as novas tendências de consumo no âmbito da atividade turística.

Lutaremos pelo desenvolvimento económico e implementaremos projetos que acautelem a necessária sustentabilidade económica e de recursos. Vamos responder de forma atenta e responsável aos imperativos de um concelho que tem de estar focado nas soluções face às alterações climáticas. Estaremos empenhados em corresponder, com formação e recursos humanos qualificados, aos desafios da digitalização e da inovação tecnológica. E estaremos igualmente empenhados na capacitação do Município e de todos os seus colaboradores, pois queremos um município amigo dos seus munícipes e dos investidores.

Vamos abrir o concelho ao mundo, dá-lo a conhecer, reforçar laços cooperativos, apostar na internacionalização da nossa base produtiva, estando do lado dos nossos produtores e empresários; vamos contribuir para se elevar a autoestima coletiva, o que se há de repercutir na produtividade e na competitividade do nosso concelho.

Estamos proibidos de baixar os braços e de abdicar dos nossos sonhos! Vamos ao trabalho!

Figueira vai AVANÇAR – TÊM A MINHA PALAVRA!

Viva Figueira de Castelo Rodrigo!

Vivam todos os Figueirenses!